Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bd.centro.iff.edu.br/jspui/handle/123456789/1964
Título: Identidade cultural e pertencimento
Título(s) alternativo(s): um estudo da obra AMERICANAH, de Chimamanda Ngozi Adichie a partir da crítica pós-colonial
Autor(es): Souza, Érica Silva de
Silva, Gabriela Tavares Candido da
Palavras-chave: Identidade cultural
pertencimento
Racismo
pós-colonialismo
transnacionalidade
Data do documento: Jan-2018
Orientador(a): Adriano Moura
Abstract: In this article it will analyze as a social subject (woman), an immigrant and black identifies himself socially in intercourse between cultures, in other words, (Nigeria and United States), building and rebuilding itself, by means of their cultural signs (customs and social practices) and linguistic (relationship with the igbo language and english). In other words, as the idea of cultural identity and belonging to a black immigrant build themselves and are positioned in „commonplace‟, having as a bias of the temporality of the postcolonialism and the transnationalization.
Resumo: No presente artigo, procurar-se-á analisar como um sujeito social (mulher), imigrante e negra se identifica socialmente no intercurso entre culturas, ou seja, no limiar entre duas nações (Nigéria e Estados Unidos), construindo e reconstruindo a si mesma, por meio de seus signos culturais (costumes e práticas sociais) e linguísticos (relação com a linguagem em igbo e inglês). Em outras palavras, como a ideia de identidade cultural e o pertencimento de uma imigrante negra se constroem e se posicionam no „entrelugar‟, tendo como viés de temporalidade o pós-colonialismo e a transnacionalização.
URI: http://bd.centro.iff.edu.br/jspui/handle/123456789/1964
Aparece nas coleções:Pós-graduação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Texto.pdf342,57 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.