Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bd.centro.iff.edu.br/jspui/handle/123456789/1538
Título: Das relíquias do século XIX ao microcomputador de uso pessoal
Título(s) alternativo(s): estudo comparativo das políticas de aquisição do Museu Histórico nacional 1922/1924 - 1985..
Autor(es): Ribeiro, Antônio Cláudio Lopes
Texto integral disponível apenas na biblioteca do IFF Campos
Palavras-chave: Museu histórico nacional (Brasil)
Data do documento: 2007
Orientador(a): Viana, Sandra Rangel de Almeida
Resumo: O presente estudo busca confrontar a (i) política de aquisição do Museu Histórico Nacional existente na época de sua criação (1922/1924) que se estendeu por décadas à (ii) política de aquisição construída a partir de meados dos anos 1980, formalizada em 1996, que significa a superação do discurso fundador do Museu, objetivando estabelecer uma diferenciação das duas políticas de aquisição enquanto propostas de uso dos abjetos para representação do passado. Para tanto realiza um estudo comparativo em que procura identificar nos discursos de cada uma delas (i) a filiação histórica, (ii) as exclusões operadas e/ou reparadas e (iii) a memória que se intentava construir a partir das aquisições de objetos, e consequentemente, exposição dos mesmos.
URI: http://bd.centro.iff.edu.br/jspui/handle/123456789/1538
Aparece nas coleções:Trabalhos de Conclusão de Cursos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Resumo.pdf436,07 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.