Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bd.centro.iff.edu.br/jspui/handle/123456789/805
Título: Abordagem experimental investigativa do fenômeno da corrosão para o ensino de química
Autor(es): Brasileiro, Patrícia Soares
Palavras-chave: Química – Estudo e ensino
Corrosão e anticorrosivos
Data do documento: 2013
Editor: Leonardo Munaldi Lube
Resumo: The expressive technological advances and the wide accessibility of information impose a challenge to school: get empower individuals to achieve this society to give meaning to the information which they have access. For this, the school must seek educational methodologies that provide greater autonomy to their students and to enable them to act actively promoting changes in society that generate improvements necessary for development. The knowledge of chemistry stands as one of the pillars for economic and technological development of society and, therefore, is a science of great importance in school education. However, the chemistry teaching in the school environment is far from the reality of the student and society, being restricted to memorizing formulas, classifications and theories being ineffective in its purpose, which is to graduate the student to society. Aimed at finding alternatives to the way where the teaching chemistry stands today, was implemented in this work a teaching strategy based on experimentation by research and contextualization of contents to the approach of the subject corrosion in a class of students of the third year of high school at IF Fluminense Campos- Center, and assessed the efficiency of the strategy based on the comparison of the evaluation of knowledge these students before and after passing by the proposed pedagogical approach. The results indicate that an experimental approach that places the student in a more active position, can bring significant gains in knowledge, encouragement and involvement in academic activities, plus replace the student as the protagonist of their education.
Descrição: Os expressivos avanços tecnológicos e a larga acessibilidade à informação impõe um desafio à escola: conseguir capacitar os indivíduos dessa sociedade para conseguir dar significado às informações as quais têm acesso. Para isso, a escola deve buscar metodologias educacionais que propiciem uma maior autonomia aos seus educandos e que os capacitem para atuar ativamente na sociedade promovendo mudanças que gerem melhorias necessárias para o desenvolvimento. O conhecimento da disciplina Química se posiciona como um dos pilares para o desenvolvimento econômico e tecnológico da sociedade e, portanto, é uma ciência de destaque na educação escolar. Contudo, o ensino de química no ambiente escolar se encontra muito distante da realidade do estudante e da sociedade, ficando restrito à memorização de fórmulas, nomenclaturas e teorias, sendo ineficaz no seu propósito, que é formar o estudante para a sociedade. Visando encontrar alternativas para o quadro em que o ensino de química se encontra atualmente, foi implementada nesse trabalho a estratégia de ensino baseada na experimentação por investigação e contextualização do conteúdo para a abordagem do tema corrosão em uma turma de alunos do terceiro ano do ensino médio do IF Fluminense Campos-Centro e avaliada a eficiência da estratégia a partir da comparação da avaliação de conhecimentos desses estudantes antes e depois de passarem pela abordagem pedagógica proposta. Os resultados indicam que uma abordagem experimental que coloca o estudante em uma posição mais ativa pode trazer ganhos significativos de conhecimento, estímulo e envolvimento nas atividades acadêmicas, além de recolocar o aluno como protagonista de sua formação.
URI: http://bd.centro.iff.edu.br/xmlui/handle/123456789/805
Aparece nas coleções:Trabalhos de Conclusão de Cursos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Documento.pdf1,09 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.