Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bd.centro.iff.edu.br/jspui/handle/123456789/686
Título: Uma abordagem de integração de métricas estáticas e dinâmicas para apoiar a avaliação da qualidade em modelos de software
Autor(es): Barreto, Deivison Lamonica
Palavras-chave: Software - Desenvolvimento - Administração
Software - Controle de qualidade
Programação (Computadores) - Gerência
Data do documento: 22-Dez-2011
Resumo: Quality is an essential characteristic in products of diverse types and areas. Regarding software product it is not different, the higher is the software quality, the greater is its users and clients' satisfaction. One way to check software quality is through metrics application, which can be applied at the beginning of software life cycle, i.e. through the model, allowing that possible errors can be identified in an early stage, reducing the cost for problem correction. Metrics are used to give value to software information, so it can be used as a basis for software evaluation and improvement. Each metric allows the analysis of specific features, according to its focus. Among existing metrics, some of them are implemented through static analysis of the model or the code, being called static metrics. Others are based on objects message exchange flow, which represent scenarios that occur during software execution, and these, in turn, are called dynamic metrics. This paper presents a proposal for the integration of these two types of metrics, allowing software analysis in a more extensive way, taking into account features of both analysis types. Thus, indicators of necessary improvements to increase software quality are obtained, resulting in a more complete view about the product. It can be made clear software understanding, leading to a more accurate and broader quality improvement.
Descrição: A qualidade é uma característica essencial em produtos dos mais diversos tipos e áreas. Com o produto de software não é diferente, quanto maior a qualidade do software, maior a satisfação dos seus usuários e clientes. Uma das formas de verificar a qualidade de sistemas de software ocorre através da aplicação de métricas, que podem ser aplicadas no início do ciclo de vida do software, permitindo que possíveis erros sejam identificados de forma precoce, diminuindo o custo de correção dos problemas encontrados. As métricas são utilizadas para contabilizar informações do software, de modo que essas informações sirvam de base para a análise e melhoria do software em questão. Cada métrica permite a análise de características específicas, de acordo com o seu foco. Das métricas existentes, algumas são aplicadas através da análise estática do modelo ou do código, sendo chamadas de métricas estáticas. Outras se baseiam no fluxo de mensagens trocadas entre objetos, que representam cenários que ocorrem durante a execução do software, e estas, por sua vez, são denominadas métricas dinâmicas. O presente trabalho apresenta uma proposta de integração entre esses dois tipos de métricas, permitindo, dessa maneira, que a análise seja realizada de forma mais ampla, levando em consideração características de ambos os tipos de análise. Dessa forma, indicadores de melhorias necessárias para aumento de qualidade do software são obtidos, obtendo-se uma visão mais completa do produto, e tornando mais claro o seu entendimento para uma melhoria de qualidade mais abrangente e precisa.
URI: http://bd.centro.iff.edu.br/xmlui/handle/123456789/686
Aparece nas coleções:Trabalhos de Conclusão de Cursos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Documento.pdf1,5 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.