Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bd.centro.iff.edu.br/jspui/handle/123456789/675
Título: Costa do Sol e resorts
Título(s) alternativo(s): Uma avaliação sobre os instrumentos legais referentes ao licenciamento de empreendimentos turísticos
Autor(es): Dias, Hamilton Cassiano
Palavras-chave: Turismo - Aspectos ambientais - Cabo Frio, RJ
Turismo - Legislação - Brasil
Turismo - Aspectos econômicos - Cabo Frio (RJ)
Turismo - Aspectos sociais - Cabo Frio (RJ)
Data do documento: 19-Nov-2010
Abstract: Nowades the touristic activities have great merit in the world economy. The ventures related to the resort chains are the north growing ones, mainly on the coast of developing countries. In Brazil these chains are forming clusters of agglomeration and tourism clusters, remarkably in the northeast of the country. However there is a critical analysis if these companies really promote the development sustainably in the places where they are installed. Regaining Costa do Sol in the state of Rio de Janeiro, it has been the target of touristic ventures, with the proposal of the building of Resort Peró, at the Peró beach, in the city of Cabo Frio. This study aims to perform a documental and bibliographic revision analysis, using the environmental legislation, the organic law and the directing plan of Cabo Frio as well as the study of environmental impact of Resort Peró, the national plan of tourism and others. With the decentralization of the tourism public policies, the municipalities have to improve the management of services and infrastructure, and also apply the regulations in the division of new urban areas that interest the hotels. The public policies must promote the generation of employment and the distribution of income on behalf of social and economical development.
Resumo: Atualmente as atividades turísticas têm grande destaque na economia mundial. Os empreendimentos relacionados às cadeias de resorts são os que mais vêm crescendo, principalmente, nas zonas costeiras dos países em desenvolvimento. No Brasil essas cadeias (redes) estão formando “pólos de aglomeração” e clusters de turismo, notadamente na região nordeste do país. Contudo, existe uma análise crítica se realmente essas empresas, promovem o desenvolvimento de forma sustentada nos locais onde se instalam. Em relação à Costa do Sol do Estado do Rio de Janeiro, a mesma está sendo alvo desses empreendimentos turísticos, com a proposta de implantação do Resort Peró, na praia do Peró, no Município de Cabo Frio. Nesse sentido esse estudo procura fazer uma avaliação do potencial que um resort pode representar para o desenvolvimento socioeconômico e ambiental de um lugar. Esse trabalho foi realizado através de análise documental e de revisão bibliográfica, utilizando a Legislação Ambiental, a Lei Orgânica e o Plano Diretor de Cabo Frio, como também, o Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto no Meio Ambiente (EIA-RIMA) do Resort Peró, o Plano Nacional de Turismo e outros. Pois, com a descentralização das políticas públicas de Turismo, os Municípios têm que melhorar a gestão dos serviços e infra-estrutura, como também aplicar as regulamentações no parcelamento das novas áreas urbanas de interesse hoteleiro. As políticas públicas podem proporcionar a geração de emprego e a distribuição de renda em prol de um desenvolvimento econômico sustentado e social.
URI: http://bd.centro.iff.edu.br/xmlui/handle/123456789/675
Aparece nas coleções:Trabalhos de Conclusão de Cursos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Documento.pdf1,75 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.