Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bd.centro.iff.edu.br/jspui/handle/123456789/2104
Título: Projeto de automação da estação de tratamento de água compacta do polo de inovação
Título(s) alternativo(s): uma alternativa de baixo custo para pequenas comunidades
Autor(es): Pacheco, Marcelly Lopes Cortes
Palavras-chave: Estação de tratamento de água compacta
Automação
Água dos rios
Data do documento: 2018
Orientador(a): Luiz Gustavo Lourenço Moura
Abstract: To follow the international trend, the Plano Nacional de Saneamento Básico (Plansab) was created with a target of 20 years and expectation of 99% of the Brazilian population. Despite significant progress in the 1970s and 1980s, Brazil until has a precarious and lagged supply system, a large territorial extension, and the economic impracticability of serving the rural population and housing communities. With this, the compact water treatment plant has been shown as an alternative to this issue. Moreover, the automation of this process guarantees reliability, safety, flexibility and quality of the final product. This means that the automation of a compact water treatment plant represents an expansion in service in an economical and effective way, as it ensures the quantity and quality of treated water in the appropriate time, with an easy-to-access remote control. The objective of this work is to develop an automation project for an existing compact water treatment plant located at the Polo de Inovação Center of the Instituto Federal Fluminense. Thus, a bibliographical research, a modeling of the manual process and a survey of the operating requirements were carried out, and then, to obtain equipment that fulfilled the requirements and functionalities of the project. As a result, a reference project of cost, functionality and flexibility to the specifics of each location and with an approximate saving of 91% in relation to the work done with industrial equipment.
Resumo: Para seguir tendência internacional, foi criado o Plano Nacional de Saneamento Básico (Plansab) com meta para 20 anos e expectativa de assistir 99% da população brasileira. Apesar do progresso significativo nas décadas de 70 e 80, o Brasil ainda conta com uma parcela de sistema de abastecimento precário e defasado, grande extensão territorial e a inviabilidade econômica de atender a população rural e os conjuntos habitacionais. Com isso, a estação de tratamento de água compacta tem se mostrado como alternativa para essa questão. Mais ainda, a automação desse processo garante confiabilidade, segurança, flexibilidade e qualidade do produto final. Isso significa que, a automação de uma estação de tratamento de água compacta representa uma expansão no atendimento de forma econômica e efetiva, visto que assegura a quantidade e a qualidade de água tratada no tempo apropriado, contando com um controle remoto de fácil acesso. Este trabalho tem por objetivo desenvolver um projeto de automação de uma estação de tratamento de água compacta já existente, localizada no Polo de Inovação do Instituto Federal Fluminense. Assim, foi realizada uma pesquisa bibliográfica, uma modelagem do processo manual e um levantamento dos requisitos de funcionamento, para então, buscar equipamentos que cumprissem as exigências e funcionalidades do projeto. Como resultado, um projeto de baixo custo, funcional e flexível às particularidades de cada local e com uma economia aproximada de 91% em relação aos projetos realizados com equipamentos industriais.
URI: http://bd.centro.iff.edu.br/jspui/handle/123456789/2104
Aparece nas coleções:Pós-graduação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Texto.pdf3,43 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.