Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bd.centro.iff.edu.br/jspui/handle/123456789/1468
Título: A agressão aos recursos hídricos
Título(s) alternativo(s): um olhar sobre o canal de Coqueiros no município de Campos dos Goytacazes
Autor(es): Crespo, Claudete Pessanha Pepe
Texto integral disponível apenas na biblioteca do IFF Campos
Palavras-chave: Proteção ambiental
Recursos hidricos
Agua – Poluição – Aspectos ambientais
Data do documento: 2005
Descrição: O ambiente rural, bem como o planeta Terra, vem sendo ameaçado pela escassez e qualidade da agua. O presente estudo analisa minimamente a qualidade e usos pela população, dos recursos hídricos da região de Pitangueiras, área rural da cidade de Campos dos Goytacazes, estado do Rio de Janeiro. Este estudo caracteriza-se como pesquisa documental e experimental que se vale de fontes que não receberam tratamento analítico ou que ainda podem ser reelaboradas de acordo com o objeto de pesquisa. Neste sentido, são utilizadas como fontes livros, documentos oficiais e analises laboratoriais, relacionados com o tema água. O canal de Coqueiros, recurso hídrico mais abordado neste trabalho por ser de importância fundamental na região estudada, e utilizado no ambiente urbano para drenagem pluvial e lançamento improprio de esgoto sanitário e no ambiente rural como fonte fundamental de adução de água para unidades de produção de aguçar e álcool, irrigação de lavouras e uso domestico. A analise das amostras colhidas ao longo do canal apontou a influencia de fatores como assoreamento, despejo de esgoto domiciliar, irrigação com vinhoto, pastagem em região ribeirinha e outros, enquanto na amostra do subsolo, a formação geológica tem papel relevante na qualidade da agua. Nas entrevistas realizadas com moradores da localidade, constatou-se que parte deles, na falta de outros recursos, usa a água do canal para irrigação, dessedentação de animais, usos domésticos, inclusive beber. Nas analises da água do subsolo, colhida na residência de um dos entrevistados, e marcante a presença de íons como Cálcio e Magnésio que confere dureza a água, e o íon sódio que pode, de forma acumulativa, provocar hipertensão arterial. Constatou-se a real necessidade de uma politica publica que coíba o lançamento de substancias poluentes no leito do canal e a ampliação da rede de abastecimento de água, que se encontra a 4 Km da região de Pitangueiras.
URI: http://bd.centro.iff.edu.br/jspui/handle/123456789/1468
Aparece nas coleções:Trabalhos de Conclusão de Cursos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Resumo.pdf708,74 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.