Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bd.centro.iff.edu.br/jspui/handle/123456789/1424
Título: Hegemonia, dominação e consenso na planície
Título(s) alternativo(s): uma análise sobre a "direção" do FUNDECAM nos primeiros anos de sua existência.
Autor(es): Passos, William Souza
Texto integral disponível apenas na biblioteca do IFF Campos
Palavras-chave: Fundo de Desenvolvimento de Campos dos Goytacazes
Administração Publica
Data do documento: 2007
Editor: Silva Neto, Romeu e
Descrição: Este trabalho procura fazer uma análise crítica das relações de poder que envolvem a estrutura administrativa do Fundo de Desenvolvimento de Campos dos Goytacazes (FUNDECAM). Criado em 2001 para financiar projetos de investimentos com parte dos recursos dos royalties do petróleo, o Fundo vem anunciando a aprovação de 58 projetos, que pertenceriam a um universo de 13 diferentes ramos econômicos e acumulariam investimentos totais de R$ 302.623.000,00, o que estaria resultando na geração de 4.740 empregos diretos. Como referencial teórico, adota-se aqui de maneira predominante as formulações de Gramsci a respeito da Teoria "ampliada" do Estado e de Cruz sobre a dinâmica das relações sociais, políticas, econômicas, territoriais e simbólicas no Norte Fluminense. Buscando responder a indagações acerca da natureza administrativa do FUNDECAM, procedeu-se a adoção de um método que consistiu, além de uma pesquisa bibliográfica em livros, periódicos locais a partir de maio de 2006 e sítios eletrônicos disponíveis na internet, na realização de entrevistas qualitativas com um ex-presidente do Fundo, um representante da comunidade acadêmica de Campos, um representante de uma organização da sociedade civil local que acompanha as ações do poder público do município, um representante de uma organização empresarial da região e representantes de 5 empresas contempladas com o financiamento do FUNDECAM. O primeiro estudo acerca do FUNDECAM efetivamente apresentado à comunidade Acadêmica do Norte Fluminense concluiu que as relações anti-democráticas que envolvem o FUNDECAM tem suas raízes no legado sócio-político-cultural deixado pelas elites açucareiras e no sentimento do bloco atualmente no poder no município de ameaça da manutenção de sua hegemonia.
URI: http://bd.centro.iff.edu.br/xmlui/handle/123456789/1424
Aparece nas coleções:Trabalhos de Conclusão de Cursos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Resumo.pdf682,92 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.